Campeonatos Distritais Cadetes

Escrito por João Gonçalves. Posted in Uncategorised

cad masc_fem

Decorreram na passado fim de semana os Campeonatos Distritais de Cadetes com apresença do CLUB de VILA REAL nas duas categorias, Femininos e Masculinos, Vice-Campeões Cadetes Femininos, 3º Classificados Cadetes Masculinos.

A equipa masculina, composta por Rui Borges, David Teixeira e Francisco Taveira procurava dar continuidade aos bons resultados do CLUB e dar ao estreante neste tipo de competição ao Rui Borges alguma experiência para os Nacionais. Não tendo sido um prova brilhante, sobretudo para o nível dos atletas vilarealenses, cumpriram com os objetivos mínimos obtendo o terceiro lugar na competição. Resultado que acaba por saber a pouco dada a capacidade técnica dos atletas vilarealenses, nomeadamente Francisco Taveira, terceiro do ranking nacional nesta categoria, o que diz da qualidade deste atleta do CLUB.

Na prova feminina a equipa vilarealense composta por Cátia Batista (atleta de escalão inferior - infantil), Tânia Ferreira e Sara Rocha participavam para dar minutos de prova às atletas, paradas em termos de competição desde meados do mês passado. Foram vencendo os adversários sem grande dificuldade, tendo de se aplicar numa ou noutra partida, não se notando o fato de Cátia Batista ser de escalão inferior. Na derradeira partida as vilarealenses chegaram em posição de disputar o primeiro lugar. Não conseguiram bater a equipa adversária, que jogava em casa, tendo-se no entanto classificado em segundo lugar.´

No final da prova os vilarealenses, atletas do CLUB de VILA REAL, conseguiam colocar as duas equipas no pódio, um bom resultado para muitos clubes mas a deixar alguma insatisfação para o CLUB, que apesar das 4 epocas completas no ténis de mesa já se habituou a mais altas classificações, de qualquer modo estão de parabêns os atletas pois dignificaram o CLUB.

Uma última nota para a hora tardia com que terminaram as partidas, fruto de uma calendarização de jogos pouco ajustada e sem haver necessidade para tal. Ainda de referir que as partidas contaram com arbitros neutros, o que foi positivo, mas que alguns dirigentes/treinadores por mais anos que tenham de ténis de mesa (deveriam ser um exemplo pela positiva) não conseguem respeitar pois não cumprem as regras necessitando de reparo constante dos arbitros.